Casa da Gestante leva o nome de Zilda Arns

quarta-feira, 23 de junho de 2010 as 21:02

O Hospital Sofia Feldman inaugurou oficialmente na sexta feira, 18 de junho, a Casa da Gestante. A Casa que oferece, desde outubro de 2007, às mulheres que necessitam de atenção à saúde durante a gestação atendimento adequado até a alta ou a internação definitiva, recebeu o nome da Dra. Zilda Arns.

Zilda Arns ficou conhecida mundialmente por sua maneira simples de transformar a realidade de muitas crianças e suas famílias. “Existe no mundo um clamor de solidariedade, de divisão de bondade” lembrou o Sr. José Moreira Sobrinho, presidente da Fundação de Assistência Integral à Saúde / Hospital Sofia Feldman. “A Dra. Zilda Arns com a Pastoral da Criança proporcionaram ao Brasil a diminuição da mortalidade infantil”.

A homenagem uniu a Pastoral da Criança e o Hospital Sofia Feldman. Na inauguração estiveram presentes o Dr. Nelson Arns Neumann – filho de Zilda e Coordenador da Pastoral da Criança Internacional, a Irmã Vera Lúcia Altoé – Coordenadora Nacional da Pastoral da Criança, o Dr. Flávio Arns – sobrinho de Zilda Arns e Senador pelo Paraná, coordenadores da Pastoral da Criança do Estado de Minas Gerais, o Sr. José Moreira Sobrinho – presidente da Fundação, o diretor clínico do Hospital – Dr. José Carlos da Silveira, representantes dos secretários municipal e estadual de saúde, gerentes dos distritos sanitários norte e nordeste de Belo Horizonte, conselheiros de saúde do Hospital, voluntários da Associação Comunitária de Amigos e Usuários do HSF, funcionários e convidados.

Para Flávio Arns se a tia estivesse participando da inauguração da Casa, sem dúvida, estaria muito feliz. “Se estivesse aqui, ela diria: ‘Quem bom que estamos juntos pensando na gestante, na criança antes do seu nascimento. Certamente esta criança será uma cidadã melhor. Alguém amparado”.  A irmã Vera Lúcia Altoé completou “a fraternidade, a sensibilidade que o gesto de hoje significa para todos demonstram a concretização do sonho de Deus neste mundo”.

O acolhimento à gestante na Casa tem propiciado a liberação de leitos na maternidade, ampliando o atendimento. “Essa gestante não precisa ocupar um leito hospitalar. Ela fica em uma unidade fora do Hospital, onde recebe toda a atenção de uma equipe multiprofissional,” afirma José Carlos.

Quando perguntado sobre a homenagem à sua mãe, o Dr. Nelson disse: “Tenho certeza que minha mãe está muito feliz com esta homenagem e eu também”.

O evento marcou também o relançamento da Campanha da Pastoral da Criança, Dormir de barriga para cima é mais seguro. A Campanha, que teve início em junho de 2009, ao alertar as mães para o posicionamento mais adequado para o bebê dormir busca reduzir o número de mortes súbitas infantil. Pesquisas realizadas em diversos países, após campanhas semelhantes a da Pastoral, demonstraram uma redução de 60% das mortes súbitas. “A criança quando dorme de lado, acaba virando de barriga para baixo, respirando sempre o mesmo ar e, às vezes, não desperta. Esquece de respirar e morre”, explicou Dr. Nelson.

A Campanha chama a atenção também para outros cuidados importantes que as mamães e suas famílias devem tomar: Não fumar, nem deixar que fumem dentro de casa, principalmente durante a gestação e na presença de crianças pequenas; não agasalhar demais o bebê, amamentá-lo exclusivamente com leite materno até o 6º mês e deixar fora do berço travesseiros, brinquedos, almofadas e outros objetos fofos.

Mais informações sobre a Campanha estão disponíveis no site www.pastoraldacrianca.org.br.