O cuidado está nas nossas mãos

segunda-feira, 6 de maio de 2019 as 17:00

O Núcleo de Segurança do Paciente do Sofia realizou, no dia 3 de maio, atividades de sensibilização para a Higienização das Mãos.  Profissionais e voluntários da comunidade se envolveram nas práticas, responderam perguntas e testaram a “Caixa da Verdade” – na caixa busca-se demonstrar aos profissionais a partir da observação da luz negra os pontos que não foram higienizados corretamente.

Segundo Aline Cristine, enfermeira especialista em controle de infecção do Núcleo, a dinâmica foi realizada em duas etapas: na primeira, os profissionais responderam a duas questões sobre a higienização das mãos e, na segunda, realizaram do mesmo modo que costumam fazer na assistência a higiene com álcool gel antes de colocarem as mãos na Caixa. “No álcool gel continha marca texto e na luz negra é possível observar os pontos em que não ocorreu a higienização de forma correta, seja na quantidade de álcool usada ou no passo a passo”, esclareceu Aline.

Para Juliana Aparecida Rodrigues, técnica de enfermagem da maternidade, a dinâmica demonstrou onde está o foco das infecções, a assepsia das mãos no contato com o paciente e a verificar corretamente onde está o erro da lavagem das mãos. Na dinâmica, qual foi o resultado? “A palma estava boa, mas o dorso da mão não estava bom não. Tem que lavar bem mesmo”, contou Rodrigues.

Renata Mendonça, enfermeira assistencial da Unidade Neonatal reforçou a relevância da atividade. “Achei interessante, uma atividade lúdica, mas que mostra para gente a importância da lavagem das mãos. Às vezes, a gente acha que está fazendo de maneira correta, mas fica faltando alguma coisa. Na minha lavagem de mãos, ainda mostrou alguns pontos em que não foi feita a higiene correta e eu achei que tinha feito da maneira certa ”, comentou Mendonça.

A relevância da prática é reforçada anualmente no dia 5 de maio. Neste ano, a Campanha mundial Salve Vidas: higienize suas Mãos trouxe como tema para o Dia o “Cuidado Seguro para todos está nas suas mãos”, apoiado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ao final da atividade, a enfermeira do Núcleo, Aline Cristine comentou que “os participantes ficaram surpresos e viram a importância de realizar de forma correta a higienização das mãos”.