Maternidade

Na Maternidade do Hospital Sofia Feldman, a equipe multi e interdisciplinar oferece atenção humanizada, buscando favorecer o estreitamento dos laços mãe, filho e família através de ações como:

  • o resgate da imagem do parto normal como uma forma prazerosa, segura e saudável de dar à luz;
  • o empoderamento da mulher pela conscientização de seus direitos;
  • o envolvimento do homem no processo de nascimento;
  • a valorização da presença de um acompanhante da escolha da mulher durante o trabalho de parto e parto;
  • a atenção da(o) enfermeira(o) obstetra;
  • a segurança e o apoio das Doulas;
  • a promoção do aleitamento materno;
  • a criação e a manutenção de uma rede de proteção social ao recém-nascido;
  • a internação conjunta para mães e filhos, sem berçário, em Alojamento Conjunto.

Alojamento Conjunto

No Alojamento Conjunto, o recém-nascido saudável, logo após o nascimento, permanece ao lado da mãe, 24 horas no mesmo ambiente, até a alta hospitalar. O Alojamento possibilita a prestação de cuidados assistenciais, permite a observação constante do recém-nascido pela mãe, oferece condições à enfermagem de promover o treinamento materno através de demonstrações práticas dos cuidados indispensáveis ao recém-nascido e favorece o intercâmbio psico-social entre a mãe, a criança e os demais membros da família.
Atualmente, a Maternidade possui de 60 leitos e atende a uma média de 800 partos por mês.

Reunião de Acompanhantes

Reunião realizada, diariamente, pelo serviço social para trocas de experiências sobre a vivência de acompanhante, do processo do nascimento, do exercício da cidadania e discussão sobre as normas hospitalares.

Registro de Nascimento

Certos de que a Certidão de Nascimento é o documento que possibilita o exercício pleno da cidadania, o Hospital vem disponibilizando aos pais (acompanhantes), que desejam que seus filhos saiam do hospital já registrados, o transporte até o cartório. Na reunião de acompanhantes eles são informados quanto aos documentos necessários para o registro e orientados durante o preenchimento do formulário do cartório e da ficha do projeto da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, Uma Vida Uma Árvore. Concluída essa etapa, o hospital transporta os pais (acompanhantes) até o cartório Souza Machado, em Venda Nova. No ano passado, 1000 crianças foram registradas antes de receberem alta do Hospital.